Já ouviram falar sobre o Revoltirinhas? Pois bem, então venho dizer para vocês que o Revoltirinhas é uma das melhores páginas do Facebook. Não lembro como encontrei a página, mas posso afirmar com toda certeza do mundo que eu apaixonei por ela logo de cara! 

O Revoltirinhas é aquele tipo de ideia tão fantástica e inspiradora que você fica preso nela e simplesmente esquece que o tempo passa. A mistura de arte e filosofia em uma simples tirinha é extremamente agradável, além do fato de que a maioria delas possuem um senso crítico, permitindo assim, expandir seu horizonte de pensamentos.

Sofia e Tobias, Geremias, Asclepíades, docinhos, barbas e poesias... Pôr do sol e filosofia! Que mistura mais inusitada! Que resultado igualmente inesperado! 


Depois de 13 anos de espera - para alguns, e para outros uns anos a menos, finalmente saiu o esperado filme da Pixar: Procurando Dory. Mas antes, vamos comentar sobre o curta-metragem mega fofo que antecede Finding DoryPiper: Descobrindo o Mundo. Prepare-se para coisinhas fofas!

Ultimamente, a Pixar tem apostado muito em seus filmes novos, um curta-metragem para anteceder seus longas animados, e o escolhido da vez foi, Piper: Descobrindo o Mundo, dirigido Alan Barillaro, onde mostra um filhote de pássaro (fofo!) que vive próximo à praia e têm de obter por si mesmo a alimentação, e também aprender a voar sob os olhares atentos da mãe.


Eu tive uma fase muito boa no mundo otaku, onde meu vício por animes era bem agradável. Conheci vários animes muitos bons que valem cada segundo de sua atenção, e não quero deixar de fora os mangás também, que geralmente contém a história abordada de uma forma mais complexa que a animação.

Para quem não sabe, “anime” é basicamente a abreviação de “animação”, e esses são bem peculiares, pois a grande maioria deles são feitos pelos estúdios japoneses, definindo assim um traço específico e sendo muito fácil de ser identificado. Já os mangás - que também são bem peculiares e específicos -, são basicamente histórias em quadrinhos de origem japonesa, com um estilo bem diferente do que estamos acostumados, já que eles naturalmente devem ser lidos de trás para a frente.


Depois de alguns anos utilizando o Blogger, eu percebi que algumas pequenas coisinhas poderiam fazer sim, uma diferença nesse mundinho virtual. Essas pequenas coisinhas são de fato recursos bem simples, e que tem em praticamente em toda a plataforma de Blogs e Sites.

Existem muitos posts falando sobre esses assuntos, mas ultimamente tenho visitado Blogs tão legais, com um conteúdo ótimo, porém com um layout de pouca praticidade, além de ter pontos de poluição visual. Essa é uma ótima maneira de perder leitores.

Pensando nisso acima, e em um layout novo por aqui, resolvi comentar um pouquinho sobre as Pequenas dicas para um Blog, não que eu seja uma expert no assunto, só comentarei o que, ao meu  ver, é essencial, e espero ajudar de alguma forma. Vamos às dicas então!